Curiosidades: 7 fatos curiosos sobre a ciência que pouca gente conhece

Informática

Culinária

Moda

Games

Automóveis

Viagens

Interessante

Música

Cinema

Meio Ambiente

Relacionamento

Política

Saúde

Dicas Diversas

Curiosidades: 7 fatos curiosos sobre a ciência que pouca gente conhece
Por Camila Naxara | Publicado em 1 de maio de 2021 ás 15:48

Fiz uma lista de curiosidades bem interessantes que quase ninguém sabe! O mundo é curioso e eu adoro conhecê-lo cada vez mais. Então, bora lá!

curiosidades

1. Os cadernos de Marie Curie continuam radioativos

Marie Curie é a responsável pela descoberta dos elementos químicos polônio e rádio. Ela foi a primeira pessoa a receber o Prêmio Nobel por duas vezes. Entretanto, a exposição a radioatividade por um longo período foi fatal para Marie e mais de um século depois de seus experimentos, seus cadernos continuam com altas doses de radiação. Pra se ter uma noção, o nível de radiação a que Marie se expôs é tão poderoso que seus cadernos foram mantidos em caixas revestidas de chumbo.

Curiosidades
Um dos cadernos da cientista polonesa Marie Curie (1867-1934), a primeira mulher a ganhar o Prêmio Nobel.

2. Povoados por bactérias

Acredite, existem mais bactérias no corpo que pessoas em todo o planeta terra. São cerca de 100 trilhões de bactérias vivendo no nosso corpo, muitas delas essenciais para o funcionamento do nosso organismo.

Outra curiosidade é que o seu celular tem 18 vezes mais bactérias do que maçanetas de banheiros.

Curiosidades
Bactérias observadas à partir de um microscópio.

3. Somos o vazio

Existem cerca de 7 octilhões de átomos (a unidade básica da matéria) no nosso corpo. Cada átomo possui um núcleo maciço e denso, que por sua vez é rodeado por elétrons. O que acontece é que o núcleo é bem pequeno em relação ao tamanho do átomo. Por exemplo: se o núcleo do átomo tivesse o tamanho de uma bola de tênis, os elétrons estariam a 500 metros de distância dele. Logo, a maior parte de um átomo é vazio.

Curiosidades
Átomos são tão pequenos que só podem ser vistos através de microscópios de tunelamento.

4. Pegadas na Lua

Ainda é possível seguir os passos dos astronautas que pisaram na lua, mesmo após décadas do Programa Apollo. Isso acontece porque não existe atmosfera na lua, logo é impossível ocorrer erosão pelo vento ou chuva.

Curiosidades
 Famosa imagem da pegada de Neil Armstrong na Lua

5. As bandeiras também continuam lá

Em 2009, o Orbitador de Reconhecimento Lunar (LRO), uma sonda da NASA que monitora a lua tirou várias fotos da superfície lunar. Tais fotos, revelaram que as 6 bandeiras deixadas pelos astronautas da Apollo 11, continuam lá. Contudo, estão completamente desbotadas, devido a ação dos raios ultra-violetas.

Curiosidades
Se você mantiver uma bandeira por 43 anos na Terra, ela estará quase que toda desbotada. Na Lua, sem a proteção da atmosfera sobre ela, esse processo acontece muito mais rapidamente.

6. O cérebro do cientista Albert Einstein

O maior físico de todos os tempos se foi, porém seu cérebro, não pereceu. Em outras palavras, se mantém conservado até os dias de hoje, em uma solução de etanol e álcool etílico. O órgão já foi estudado por vários cientistas, no intuito de encontrar explicações para a tamanha genialidade de Einstein, entretanto nada especial foi descoberto.

Curiosidades
Albert Einstein foi um físico teórico alemão que desenvolveu a teoria da relatividade geral, um dos pilares da física moderna ao lado da mecânica quântica.

7. Vivos e mortos

Você tem alguma noção da proporção de vivos e mortos na terra? Então, o instituto de pesquisa privado Population Reference Bureau (PRB) tem e ele estima que o número de pessoas vivas hoje representa 6,5% do número total de pessoas que já nasceram no mundo. Ainda mais, de acordo com o PRB, 108 bilhões de pessoas já nasceram desde o primeiro ser da nossa espécie, há cerca de 350 mil de anos.

Curiosidades
A estimativa é a de que 6,5% de todas as pessoaque já nasceram estão vivos hoje.

Curiosidades curiosas!

Veja +
() Comente pelo Facebook