Caminhar sob as estrelas é o que precisamos em tempos sombrios

Informática

Culinária

Moda

Games

Automóveis

Viagens

Interessante

Música

Cinema

Meio Ambiente

Relacionamento

Política

Saúde

Dicas Diversas

Caminhar sob as estrelas é o que precisamos em tempos sombrios
Por Camila Naxara | Publicado em 25 de maio de 2021 ás 01:02

Caminhar sob as estrelas pode fazer surgir uma nova perspectiva e brotar uma esperança, além disso você, amante da natureza, poderá desfrutar de um emaranhado de estrelas e evitar aglomerações.

caminhar sob as estrelas
Foto: Nicholas Buer

A caminhada noturna é um ótimo remédio em tempos de pandemia. Visitar colinas e vales após o por do sol, lhe proporcionará não só o contato com a natureza, mas também saúde, devido a atividade física; de quebra você ainda pode dar a sorte de encontrar uma nova trilha deserta, sob o céu infinito.

E não pense que fazer caminhadas noturnas é algo incomum. Diversas pessoas o fazem ao anoitecer, para acampar e às vezes assistir ao nascer do sol. Ao invés de montar um telescópio no quintal ou ir até um observatório (caso algum esteja aberto), tente fazer uma caminhada sob as estrelas.


Por que você deve caminhar sob as estrelas?

Seja parado em frente a um vale sob a luz do luar, seja observando um objeto voador não identificado (rs), caminhar sob as estrelas costuma ser bem mais dinâmico que apenas parar e observar.

Vale lembrar que afinal, um observatório não substitui a ida até uma paisagem rural com um céu coberto de estrelas. É uma experiência mágica, que inclusive já é oferecida por uma empresa chamada Stargazing Nights em Durham, na Inglaterra.

caminhar sob as estrelas
Foto: Nicholas Buer

Há inúmeros estudos que comprovam os benefícios que o contato com a natureza trazem a saúde. Em suma, duas horas ao ar livre em atividades que envolvam atenção e zero esforço, podem baixar a frequência cardíaca, pressão sanguínea e os níveis de estresse.

Ainda mais, melhoram muito a qualidade do sono, que é de extrema importância para a saúde geral. Dois processos fisiológicos que determinam a qualidade do sono são influenciados pelas caminhadas noturnas. Elas atuam no controle homeostático, que influencia a pressão para dormir, além de equilibrar os efeitos de horas passadas em frente às telas.


Por onde começar?

Comece pelo par de calçados, eles devem ser confortáveis! Por mais que binóculos e telescópios sejam úteis, comece a olho nu. Permita-se se perder na vasta extensão do espaço e deixe sua mente vagar, sem rumo.

Você pode baixar aplicativos que detalham o céu, como o Sky Map e por exemplo achar a constelação do seu signo ou saber exatamente onde os satélites da Starlink estão passando. O app ISS Detector, emite um alarme 5 minutos antes que a Estação Espacial Internacional esteja acima da sua localização.

caminhar sob as estrelas
Foto: Nicholas Buer

Se por um acaso parques nacionais ou grandes áreas de céu noturno sem poluição luminosa estiverem fora de alcance, você pode procurar por clubes de astronomia ou observatórios locais. Há um site chamado iau.org que é muito bom para encontrar recursos em regiões específicas no mundo inteiro.

É bom ressaltar que ao se aventurar, seja em grupo, seja sozinho é importante estar em segurança. Leve lanterna e água; se estiver em grupo, mantenha uma distância de dois metros das outras pessoas e antes de percorrer uma nova trilha à noite, percorra-a durante o dia. E não esqueça de sempre deixar algum familiar ou amigo informado sobre onde esta indo, por motivos de segurança.

Planeje, faça tudo com calma e aproveite o passeio.

Com toda a loucura que estamos vivenciando, a única constante em nossas vidas é o céu noturno. Caminhar sob as estrelas pode ser uma maneira consciente de olhar para cima e notar que, tudo parece tão diferente, entretanto algumas coisas ainda permanecem iguais.

Veja +
() Comente pelo Facebook