Aprenda a calcular sua frequência cardíaca - Portal de dicas!

Informática

Culinária

Moda

Games

Automóveis

Viagens

Interessante

Música

Cinema

Meio Ambiente

Relacionamento

Política

Saúde

Dicas Diversas

Aprenda a calcular sua frequência cardíaca
Por Camila Naxara | Publicado em 27 de abril de 2021 ás 12:08

Em repouso, a frequência cardíaca de um adulto é de 60 a 100 batimentos por minuto (bpm). Um atleta profissional, contudo, mantém uma frequência de 40 a 60 bpm, em repouso.

Portanto, pessoas com melhor condicionamento físico geralmente possuem frequências mais baixas, afinal, o coração funciona de forma mais eficiente.

Logo, medindo seus batimentos cardíacos, você terá uma ideia mais clara a respeito da sua saúde cardíaca, além de poder balancear melhor por exemplo, a prática de exercícios.

Aprenda a aferir a pulsação

Um dos lugares mais fáceis para medir o batimento cardíaco é no pulso; nesse ponto, a artéria fica muito próxima a superfície da pele. Posicione os dedos indicador e médio (esticados) sobre o pulso, logo abaixo da base do polegar, entre o osso e o tendão. Pressione de maneira firme. Não se esqueça de que, os dedos devem pressionar a parte macia, não sobre o osso. Contudo, se ainda assim não conseguir sentir a frequência cardíaca, mude um pouco a posição e pressione um pouco mais forte, até que sinta os batimentos.

Aferindo a pulsação

Outro ponto para aferir a pulsação é na lateral do pescoço.

Coloque os dedos indicador e médio à esquerda da traqueia, abaixo da mandíbula. Mova os dedos pela região e pressione com certa firmeza, até sentir os batimentos.

Aferindo a pulsação

Agora que você sabe os locais onde deve pressionar para sentir a pulsação, lhe ensinaremos a calcular a frequência cardíaca!

Calculando a frequência cardíaca

Após posicionar os dedos indicador e médio no pulsou ou lateral do pescoço, conte o número de pulsações durante 15 segundos. Tenha em mãos um relógio para não se atrapalhar e acabar se confundindo durante o processo. Posteriormente, multiplique os batimentos registrados nesses 15 segundos pelo número quatro, assim, você identificará o seu bpm.

A Frequência Cardíaca em repouso é determinada pelo bpm, que deve ser medido após cinco minutos de inatividade do corpo. Entretanto, entenda que após exercícios físicos, por exemplo, o coração pode levar um pouco mais de tempo para desacelerar e, o bpm varia naturalmente conforme o condicionamento físico, estado emocional e determinados medicamentos.

Por fim, se o seu batimento estiver abaixo de 60 bpm e você não for um atleta, pode ser que o que ocorra, seja uma condição chamada de braquicardia. Essa condição pode levar a desmaios, vertigens e falta de ar. Todavia, esse mesmo bpm em um atleta é natural, visto que frequências cardíacas entre 40 bpm e 60 bpm é normal em pessoas com bom condicionamento físico.

Por outro lado, uma frequência cardíaca em repouso acima de 100 bpm é característico de taquicardia.

Se perceber qualquer anormalidade na sua frequência cardíaca em repouso, procure um médico.

Entenda Frequência Cardíaca Máxima (FCM)

A FCM determina a velocidade máxima que o coração deve bater e varia conforme a idade. Ou seja, a Frequência Cardíaca Máxima classifica a frequência ideal para determinado exercício, exemplo: exercícios moderados ou de alta intensidade.

Em exercícios moderados, a frequência cardíaca do praticante deve estar entre 50% e 70% de sua FMC. Se você estiver se exercitando e sua FMC estiver abaixo das porcentagens citadas, quer dizer que, você precisa se esforçar mais para que a prática se encaixe na classificação de exercício moderado. Pratique tais exercícios ao menos duas horas e meia por semana, para manter o coração saudável.

Contudo, em exercícios de alta intensidade, o ideal é que a frequência esteja entre 70% e 85% da sua FMC. Para melhorar sua saúde cardíaca, pratique exercícios de alta intensidade ao menos 75 minutos por semana.

Vá com calma, aumente a intensidade dos exercícios aos poucos. Assim, sua frequência cardíaca se manterá estável.

O cálculo da FCM é feito da seguinte forma:

Subtraia sua idade de 220. Por exemplo, uma pessoa com a idade de 20 anos, deve subtrair 20 de 220. Logo, um jovem de 20 anos deve ter a pulsação máxima, na casa dos 200 bpm.

Entretanto, é bom lembrar que, medicamentos reguladores de pressão podem acabar diminuindo a frequência cardíaca. E, apenas um médico pode afirmar com certeza sua FMC.

Veja +
() Comente pelo Facebook