Teste: 10 indicadores para identificar sinais de Alzheimer em 5 minutos - Portal de dicas!

Informática

Culinária

Moda

Games

Automóveis

Viagens

Educação

Música

Cinema

Meio Ambiente

Relacionamento

Política

Saúde

Dicas Diversas

Você está em: Home » Teste: 10 indicadores para identificar sinais de Alzheimer em 5 minutos
Teste: 10 indicadores para identificar sinais de Alzheimer em 5 minutos
Por Redação | Publicado em 14 de setembro de 2015 ás 14:10

Um médico neurologista americano, James E Galvin, criou um teste de apenas 10 perguntas que pode identificar uma pessoa que apresenta os primeiros sinais da doença Mal de Alzheimer. O Doutor afirma que esse teste não é um diagnóstico perfeito da doença, mas pode ser usado como prevenção.

O teste detecta mudanças cognitivas associadas a demências comum na doença Alzheimer, porém tais alterações também pode ser sinais de depressão, traumas cerebrais e disfunções por causa de uso de medicamentos.

Então se você está em dúvidas ou preocupado com um familiar, a dica é realizar o teste e se identificado algum sintoma estranho, procure um profissional para um diagnóstico mais aprofundado.

alzheimer

O teste do médico é composto de 10 perguntas de múltipla escolha, com 5 opções de resposta cada, onde as respostas irão descrever sintomas de envelhecimento normal ou de demência severa. A pontuação de cada resposta vai de 0 a 30. Um valor elevado total do teste, indica um maior impedimento cognitivo.

Para realizar o teste, a pessoa deve conhecer muito bem o “paciente”. Por isso aconselha-se que o mesmo seja realizado por familiares que convivem com a pessoa com suspeita de Alzeheimer.

 

Teste para identificar possível Alzheimer

1. MEMÓRIA

Avalie o paciente e dê uma pontuação a ele.

0 ponto – Não tem sinais de perda de memória óbvia. Esquecimentos vez ou outra, mas que não interferem com as atividades diárias.

0,5 ponto – Esquecimento leve e regular ou parcial de eventos, que pode interferir com atividades diárias; repete perguntas e frases, coloca objetos em lugares incomuns; esquece compromissos

1 ponto – Perda de memória leve a moderada, mais perceptível quando se trata de eventos recentes; interfere com as atividades diárias

2 pontos – Perda de memória moderada a severa; novas informações são rapidamente esquecidas; só lembra de informações aprendidas com muito esforço

3 pontos – Perda de memória severa; quase impossível recordar novas informações; memória de longo prazo pode estar afetada

 

2. ORIENTAÇÃO

0 – Plenamente orientado quanto a pessoas, espaço e tempo praticamente sempre

0,5 – Leve dificuldade em manter controle do tempo; pode esquecer datas com mais frequência do que no passado

1 – Dificuldade leve a moderada em acompanhar o tempo e sequências de eventos; esquece o mês do ano; orientado em locais familiares, mas fica confuso fora de espaços conhecidos; perde-se e fica vagando

2 – Dificuldade moderada a severa; geralmente desorientado quanto a tempo e espaço (familiar ou não); frequentemente tem dificuldade em lembrar do passado

3 – Orientado apenas quanto ao próprio nome, ainda que possa reconhecer parentes

 

3. TOMADA DE DECISÕES E RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS

0 – Resolve problemas cotidianos sem dificuldades; lida bem com questões pessoais e financeiras; habilidades de tomada de decisões consistentes com seu histórico

0,5 – Leve debilidade (ou maior demora) na resolução de problemas; dificuldade com conceitos abstratos; decisões ainda coerentes

1 – Dificuldades moderadas em lidar com problemas e tomar decisões; delega muitas decisões a terceiros; percepção e comportamento sociais podem estar levemente comprometidos; perda de discernimento

2 – Gravemente debilitado em lidar com problemas, tomando apenas decisões pessoais simples; percepção e comportamento sociais frequentemente debilitados; sem discernimento

3 – Incapaz de tomar decisões ou resolver problemas; terceiros tomam quase todas as decisões para ele ou ela

 

4. ATIVIDADES FORA DE CASA

0 – Leva adiante sua profissão de forma independente, realiza compras, atividades comunitárias e religiosas, voluntárias e em grupos sociais

0,5 – Leve debilidade nessas atividades se comparado a desempenhos prévios; leve mudança nas habilidades como motorista; ainda capaz de lidar com situações de emergência

1 – Incapaz de funcionar de modo independente, mas ainda capaz de acompanhar compromissos sociais; parece “normal” a terceiros; mudanças perceptíveis nas habilidades como motorista; preocupações quanto à habilidade dela de lidar com situações de emergência

2 – Sem habilidade de praticar atividades fora de casa de forma independente; parece bem o suficiente para ser levado para atividades exteriores, mas geralmente precisa estar acompanhado

3 – Incapaz de praticar atividades de forma independente; parece muito doente para ser levado a atividades fora de casa

 

 

5. HABILIDADES EM CASA E HOBBIES

0 – Atividades em casa, hobbies e interesses pessoais mantidos em relação ao comportamento prévio

0,5 – Leve debilidade ou perda de interesse nessas atividades; dificuldade em operar equipamentos (sobretudo os mais novos)

1 – Debilidade leve porém definitiva em casa e em hobbies; abandonou tarefas de maior dificuldade, bem como hobbies e interesses mais complexos

2 – Preservadas apenas as atividades diárias mais simples; interesse muito restrito em hobbies, cumprido com pouco rigor

3 – Sem habilidade significativa em tarefas domésticas ou em hobbies prévios

 

 

6. HÁBITOS DE HIGIENE PESSOAL

0 – Totalmente capaz de se cuidar, vestir, lavar, tomar banho, usar o banheiro

0,5 – Mudanças leves nas habilidades com essas atividades

1 – Precisa ser lembrado de ir ao banheiro, mas consegue fazê-lo de forma independente

2 – Precisa de ajuda para se vestir e limpar; ocasionalmente incontinente

3 – Requer considerável ajuda com a higiene e cuidado pessoal; incontinência frequente

 

 

7. MUDANÇAS DE COMPORTAMENTO E PERSONALIDADE

0 – Comportamento social apropriado, nas esferas pública e privada; nenhuma mudança na personalidade

0,5 – Mudanças questionáveis ou muito leves em comportamento, personalidade, controle emocional, pertinência das escolhas

1 – Mudanças leves em comportamento ou personalidade

2 – Mudanças moderadas em comportamento ou personalidade, afetando a interação com as pessoas; pode ser evitado por amigos, vizinhos ou parentes distantes

3 – Severas mudanças de comportamento ou personalidade, tornando inviáveis ou desagradáveis as interações com terceiros

 

 

8. HABILIDADES DE LINGUAGEM E COMUNICAÇÃO

0 – Nenhuma dificuldade de linguagem ou esquecimento de palavras; lê e escreve tão bem quanto no passado

0,5 – Dificuldade leve porém mostra consistência em encontrar as palavras ou termos descritivos; pode levar mais tempo para completar raciocínio; leves problemas de compreensão; conversação debilitada; pode haver efeitos sobre leitura e escrita

1 – Dificuldade moderada em encontrar as palavras certas; incapaz de nomear objetos; notável redução em vocabulário; compreensão, conversação, leitura e escrita reduzidas

2 – Debilidades moderadas ou severas na fala ou na compreensão; dificuldade em comunicar pensamentos aos demais; habilidade limitada em leitura e escrita

3 – Deficits severos em linguagem e comunicação; pouca ou nenhuma fala compreensível

 

 

9. HUMOR

0 – Nenhuma mudança de humor, interesse ou motivação

0,5 – Ocasionais momentos de tristeza, depressão, ansiedade, nervosismo ou perda de interesse/motivação

1 – Questões moderadas porém diárias com tristeza, depressão, ansiedade, nervosismo ou perda de interesse/motivação

2 – Questões moderadas com tristeza, depressão, ansiedade, nervosismo ou perda de interesse/motivação

3- Questões severas com tristeza, depressão, ansiedade, nervosismo ou perda de interesse/motivação

 

 

10. ATENÇÃO E CONCENTRAÇÃO

0 – Atenção normal, concentração e interação com o meio que o rodeia

0,5 – Problemas leves de atenção, concentração ou interação com o ambiente; pode parecer sonolento durante o dia

1 – Problemas moderados de atenção e concentração; pode ficar olhando fixamente para um ponto no espaço ou de olhos fechados durante alguns períodos; crescente sonolência durante o dia

2 – Passa parte considerável do dia dormindo; não presta atenção ao seu redor; quando conversa diz coisas sem lógica ou que não têm relação ao tema

3 – Habilidade limitada ou inexistente para prestar atenção ao ambiente externo.

 

Alzheimer 2

RESULTADO

PONTUAÇÃO: Antes, vale ressaltar que o teste não equivale a um diagnóstico completo. Vale apenas como indícios. O resultado vai de 0 a 30, resultados com pontuações altas, sugerem uma maior perda cognitiva. Se esse for o resultado que você concluiu, leve a pessoa ao médico para com diagnóstico completo.

O teste foi aplicado em 267 pacientes e o resultados indicaram que:

  • Normal: 0-1 pontos
  • Leve debilidade cognitiva: 2 a 5 pontos
  • Demência leve: 6 a 12 pontos
  • Demência moderada: 13 a 20 pontos
  • Demência severa: 20 a 30 pontos

Pontuações “normais” sugerem que é improvável que a pessoa sofra de demência, mas é possível também que a doença esteja em estágios muito iniciais. Se houver suspeitas de demência por outros motivos, é bom buscar ajuda profissional.

Demais resultados é importante que o paciente procure um médico da área e faça um diagnóstico completo.

Veja +
() Comente pelo Facebook