Como abrir uma Empresa com sua família

Informática

Culinária

Moda

Games

Automóveis

Viagens

Educação

Música

Cinema

Meio Ambiente

Relacionamento

Política

Saúde

Dicas Diversas

Como abrir uma Empresa com sua família
Por Casttelo | Publicado em 29 de julho de 2018 ás 13:04

empresa familiar

Após a crise econômica de 2017 novas conformações empresariais surgiram no Brasil.

Empresas familiares, trabalhos autônomos e Free-lancers certamente foram os maiores destaques.

Este tipo de movimento das empresas desfragmentou a economia e fez o país responder positivamente diante do recesso econômico do país.

A vantagem das empresas familiares é que elas são capazes de resistir ao longo do tempo.

Um bom negócio com bons resultados pode perpetuar e tornar-se um grande legado ao longo das gerações.

Como todo empreendimento, as empresas familiares exigem organização e responsabilidade para funcionar corretamente e dar resultados favoráveis.

Deve-se ter extremo cuidado ao lidar com relações tão próximas no âmbito empresarial.

Se você pensa em abrir um negócio junto com sua família, este post foi escrito especialmente pra você.

Uma empresa familiar funciona de forma similar as outras porém com algumas particularidades que devem ser foco da sua atenção.

As empresas familiares podem ter uma visão de lucros de longo prazo, o que tira o foco excessivo dos ganhos por períodos determinados.

Como em qualquer tipo de empresa o planejamento estratégico é o ponto mais importante.

Os membros da família devem estar na mesma sintonia ara que a empresa funcione em seu melhor desempenho.

É preciso elaborar contratos que especifiquem claramente as expectativas e responsabilidades dos membros da família dentro da empresa.

Não é porque você está trabalhando com seus familiares que a documentação do seu negócio deve ser informal.

Providencie toda a documentação referente a empresa como se estivesse fazendo para não membros da família.

Embora a empresa seja familiar ela ainda é um negócio, sendo assim problemas financeiros podem causar sérios transtornos. Por isso permaneça atento as finanças.

É importante também separar as dinâmicas emocionais do cotidiano familiar do ambiente empresarial.

empresa familiar

Uma vez observados estes pontos, seguem nossas dikas para iniciar sua empresa familiar:

1- Pesquisa

Gaste um tempo pesquisando sobre o ramo que irá atuar. Faça todo estudo de mercado, gastos, logística e processos da empresa. Pesquise também sobre outras empresas familiares e como elas funcionam.

Grande empresas como a Coca-Cola se iniciaram a partir de uma estrutura familiar, os resultados obtidos pela empresa certamente irão motivar você e sua família nesta jornada.

2- Preparem-se

Se o ramo de negócio escolhido exige o aprendizado de habilidades específicas. Inicie este processo o quanto antes. Torne-se especialista no setor ou campo de negócios que a empresa irá atuar.

Propague isso entre os outros membros da família.

Participem de treinamentos sobre o ramo a ser explorado.

3- Estabeleça um líder

É extremamente importante levantar um dos membros como responsável legal pela empresa.

Para que assuntos específicos possam ser tratados diretamente. Este líder deve repassar aos outros todas as decisões e ações executadas pela empresa.

4- Conheça o potencial dos seus familiares

Avalie as habilidades de cada membro da família que irá fazer parte da empresa.

Avalie seus talentos e seu nível de familiaridade com o negócio, incluindo seus pontos fortes e fracos.

Desta forma atribua as responsabilidades e funções de cada um na empresa.

Procure dispor os membros em atividades que eles se sintam mais confortáveis em executar. Assim, eles irão trabalhar com maior empenho, sem desanimar.

5- Formalize seu negócio

Tenha a certeza de que a empresa que sua família está criando esteja bem estruturada do ponto de vista legal.

Você pode consultar um advogado para ajudar nessa tarefa ou a associação comercial da sua cidade.

6- Atenção com as finanças

Não permita que recursos da empresa sejam abertos para necessidades familiares.

Mantenha o controle de entrada e saída da empresa fielmente.

Faça uma estimativa das suas reais necessidades para não acabar com gastos desnecessários.

7- Estrutura física da empresa

Certifique-se de que o espaço escolhido para o empreendimento é adequado o modelo de negócio que você e sua família adotaram.

Providencie todo o equipamento necessário para as atividades da empresa.

Caso a família decida utilizar a casa como local de trabalho, é importante deixar áreas específicas do imóvel para uso exclusivo da empresa. Especialmente se vocês esperam receber os clientes em casa.

 

8- Mantenha as relações familiares saudáveis

Antes que qualquer dinheiro seja investido no negócio, todos precisam entender no que estão entrando.

Se todos se lembrarem de pensar no bem do negócio e dos clientes desde o começo, uma ótima dinâmica de trabalho será criada .

Parceiros e funcionários alinhados resultam em clientes mais satisfeitos.

O tempo juntos em atividades fora da empresa é fundamental para manter a união e um bom relacionamento entre os membros da família.

Antes do início das tensões geradas pelos desafios do negócio, invista em atividades em família fora do ambiente de negócios.

Se você estiver disposto a estabelecer diretrizes rígidas desde o início, o ideal é traçar uma linha clara entre as discussões da família e da empresa.

Assim como você não deve discutir os planos do chá de panelas da sua irmã no trabalho, não deve deixar os negócios se intrometerem em um jantar da família.

Saber separar a vida familiar da vida profissional é fundamental, não só para não atrapalhar a produtividade nos negócios, mas principalmente para propiciar clima familiar estável e feliz.

 

Seguindo estes passos é possível abrir um negócio familiar de sucesso e obter bons resultados.

Boa sorte para você e sua família nos novos empreendimentos.

 

 

 

Veja +
() Comente pelo Facebook